Porque preferi Hamon a Mélenchon

No primeiro turno das eleições presidenciais francesas, diversos eleitores potenciais de Benoît Hamon decidiram votar no candidato Mélenchon, pensando que isso constituiria um voto útil. Outros se dispuseram até mesmo a votar em Macron por temerem uma vitória do Front Nacional (FN). Quando a mim, votei em Hamon.   Por que Hamon e não Mélenchon? […]

O diabo mora nos detalhes: os perigos da “privatização” na cidade

O prefeito do município de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que pretende levar adiante cinquenta e cinco projetos de privatização até o final do seu mandato. Para tanto, criou agências encarregadas da formulação de seu ousado plano – a Secretaria de Desestatização e Parceria e a empresa pública SP Parcerias – e produziu propagandas […]

Trajetória singular

  Oswaldo Corrêa Louzada Filho nasceu em 1943, em São Paulo. Em 1959, iniciou a publicação de trabalhos de crítica literária e ensaios no “Suplemento Literário” do jornal O Estado de S. Paulo, colaboração que perdurou até 1974. Em 1962, recebeu o Prêmio Estímulo de ensaios da Comissão Estadual de Literatura pelo trabalho Uma topografia […]

A Europa vista à distância

Resenha de East West Mimesis. Auerbach in Turkey, de Kader Konuk. Um dos efeitos duradouros do renome intelectual consiste em conferir às declarações que lhe são atribuídas o valor de uma autoridade inequívoca. Em Tristes trópicos, por exemplo, olhando retrospectivamente para os dois anos, na segunda metade da década de 1930, em que ocupou a […]